terça-feira, 16 de setembro de 2008

Estudar


Ouvi dizer que nada quereis estudar


Ouvi dizer que nada quereis estudar.
Daí concluo eu que sois milionários.
O vosso futuro está assegurado — está
À vossa frente em plena luz. Os vossos pais
Tiveram o cuidado de que os vossos pés
Não dessem topadas nas pedras. Por isso não tens
Que aprender nada. Tal qual és
Podes continuar a ser.


Mas se viesse a haver dificuldades, porque os tempos,
Como eu ouvi dizer, não são seguros,
Tu tens os teus chefes que te dizem à certa
O que tens a fazer para que tudo vos corra bem.
Leram-no nos livros daqueles
Que sabem as verdades
Que têm validade pra todos os tempos
E as receitas que dão sempre resultado.
Quando tantos são por ti
Não precisas de bulir nem um dedo.
Claro, se fosse de outro modo
Terias mesmo de estudar.


Bertoldt Brecht, versão portuguesa de Paulo Quintela, in: separata da revista "Vértice", n.º 382-383 (Nov.-Dez. 1975)


1 comentário:

andreia 11ºA disse...

não me interessa o que sabem
não quero saber o que me querem mostrar
quero estar sozinha no meu canto
não quero no presente me esforçar.
só quero sair daqui
ir para outro lugar
ser livre
sem nada para pensar.
mas depois volto á terra
páro de sonhar
o futuro está á porta
tenho de ir estudar.

este poema fez-me reflectir sobre o meu passado, o meu presente e o meu futuro. no meu passado os meus pais esforçaram-se muito para que eu tivesse uma boa vida sem preocupações e tristezas como refere o poema "(...) os vossos pés não dessem topadas (...)" e a melhor maneira de lhes agradecer o que fizeram por mim é estudar no presente para que consiga alcançar os meus objectivos no futuro para que no final me possam dizer : "estamos orgulhosos de ti filha". e nessa altura essas palavras é que irão valorizar o meu esforço. eu não tenho de estudar, não sou obrigada a isso mas no final irá valer a pena mesmo que não consiga alcançar os meus objectivos, os meus pais irão estar do meu lado porque nunca desisti e afinal não é o que todos os filhos desejam, ter os pais sempre lá? mesmo que não se vença vale sempre a pena lutar.