sexta-feira, 27 de março de 2020

A mistura do bem e do mal



«O bem e o mal, a felicidade e a miséria, a sabedoria e a tolice, a virtude e o vício estão universalmente amalgamados e misturados. Nada é puro e feito de uma única coisa. Todas as vantagens estão acompanhadas de desvantagens. Uma compensação universal prevalece em todas as condições do ser e da existência. E para nós é impossível, com os nossos desejos mais quiméricos, formar a ideia de um estado ou situação completamente desejável. (…)
Quanto mais delicado é um bem, do qual recebemos uma pequena amostra, mais agudo é o mal que lhe está aliado, e existem poucas exceções a esta uniforme lei da natureza.»

David Hume, Obras sobre religião, “História natural da religião”, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2005, pág. 235.

Pintura: Hans Zatzka

terça-feira, 17 de março de 2020

domingo, 8 de março de 2020

Matriz do teste de Filosofia da Arte - 11º ano


                                                                              O Beijo, de Gustav Klimt, 1908.
Ano letivo: 2019/2020

Duração: 90 minutos.

Estrutura: contém itens de escolha múltipla, itens de resposta curta, itens de resposta restrita e itens de resposta extensa.

Objetivos:

1. Explicar o problema da definição de arte.
2. Conhecer exemplos de vários géneros de arte.
3. Conhecer exemplos de obras de arte.
4. Diferenciar condições necessárias e condições suficientes.
5. Mostrar em que consiste uma boa definição explícita.
6. Explicar a teoria de que a arte é imitação.
7. Explicar as objeções à teoria da imitação estudadas.
8. Explicar a teoria de que a arte é representação e mostrar em que medida é uma reformulação da teoria da imitação.
9. Explicar as objeções à teoria da representação estudadas.
10.Explicar a teoria expressivista da arte.
11.Explicar as objeções à teoria expressivista estudadas.
12.Explicar a teoria formalista da arte.
13.Explicar as objeções à teoria formalista estudadas.
14.Explicar em que medida a teoria da imitação ou representação, a teoria expressivista e a teoria formalista são teorias essencialistas.
15.Explicar a teoria institucional da arte.
16.Explicar as objeções à teoria institucional estudadas.
17.Explicar a teoria histórica da arte.
18.Explicar as objeções à teoria histórica estudadas.
19.Explicar em que medida a teoria institucional e a teoria histórica são teorias não essencialistas.
20.Confrontar cada uma das teorias da arte estudadas com as objeções de que são alvo.
21.Comparar e avaliar as teorias da arte estudadas.
22.Justificar a posição pessoal acerca do problema da definição de arte.

A. Conhecer exemplos ilustrativos dos os conceitos referidos.

B. Identificar os conceitos referidos em exemplos dados pelo professor.




























domingo, 16 de fevereiro de 2020

Matriz do teste do 10º ano

                                                                        Free Will, de Keshava Shukla 

Duração: 90 minutos.

Tópicos:

1. Qual é a diferença entre livre-arbítrio e liberdade política?
2. O que é o determinismo?
3. Qual é o problema do livre-arbítrio?
4. Que teses defende o Determinismo Radical?
5. Que argumentos tem o Determinismo Radical?
6. Que objeções se podem fazer ao Determinismo Radical?
7. Que teses defende o Libertismo?
8. Que argumentos tem o Libertismo?
9. Que objeções se podem fazer ao Libertismo?
10. Que teses defende o Determinismo Moderado?
11. Que argumentos tem o Determinismo Moderado?
12. Que objeções se podem fazer ao Determinismo Moderado?
13. Qual das teorias é mais plausível? Porquê?
14. Há ou não há livre-arbítrio? Porquê?
15. O que são valores?