quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Ler


Sim, caros alunos, é mesmo verdade! Ler livros pode ser muito interessante. E também: divertido, agradável, empolgante, educativo, etc. etc.

Por falar em ler: a fotografia de Marilyn Monroe foi tirada do blogue De Rerum Natura: http://dererummundi.blogspot.com/

3 comentários:

Victoria disse...

De acordo com Arthur Schopenhauer, os livros representam a essência de um espírito.

Victoria, 10ºG ESPR

Sara Raposo disse...

Qual é o sentido das palavras de Schopenhauer?
A Victoria pode explicar-nos? Eu sei que pode.

Victoria disse...

Os livros consituem uma espécie de enriquecimento do padrão moral e intelectual de cada um de nós. Aparentam um brilho que não ofusca, mas reluz tão discreto (há neles concentrações de imagens numa cor unida); uma voz que não se ouve, escuta-se (pois cada palavra revela os traços de uma personalidade) e um sensação que não se critica, admira-se (a capacidade de preservação dos momentos que evocam todo o ser). Deste modo, o espírito constrói-se através de mais diversas palavras ou expressões que permanecem no lugar onde algo ou alguém já não está; possibilitando assim a capacidade de crítica/observação/reflexão do leitor, ouvinte ou mesmo espectador.

Creio que seja esse o sentido de interpretação das palavras de Schopenhauer.