segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Um T.P.C para dia 14 de fevereiro, Dia dos Namorados!

eab47f5f3810ca55a71103be99027888

Fotografia de Henri Cartier-Bresson, cidade de Tóquio no Japão, 1965.

Imaginando que tinha de optar por um filme, uma canção e um poema sobre o amor (um sentimento poderoso, belo mas também difícil, às vezes), eis as minhas escolhas:

1. O filme: “In the Mood for Love” do realizador Wong Kar Wai. O vídeo contém parte da banda sonora acompanhada de passagens do filme.

2. Uma canção: "Eu Já Não Sei" escrita por Domingos Gonçalves Costa e Carlos Rocha. Neste vídeo, cantam Roberta Sá e António Zambujo, acompanhados por Yamandú Costa e Ricardo Cruz.

3. Um poema (e uma canção): “Gaivota” de Alexandre O'Neill.

Poema cantado por Amália Rodrigues, com música de Alain Oulman.

Se uma gaivota viesse
trazer-me o céu de Lisboa
no desenho que fizesse,
nesse céu onde o olhar
é uma asa que não voa,
esmorece e cai no mar.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.


Se um português marinheiro,
dos sete mares andarilho,
fosse quem sabe o primeiro
a contar-me o que inventasse,
se um olhar de novo brilho
no meu olhar se enlaçasse.


Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.


Se ao dizer adeus à vida
as aves todas do céu,
me dessem na despedida
o teu olhar derradeiro,
esse olhar que era só teu,
amor que foste o primeiro.


Que perfeito coração
no meu peito morreria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde perfeito
bateu o meu coração.

Meu amor na tua mão
Nessa mão onde perfeito
Bateu o meu coração

As vossas escolhas quais seriam?

E o que é o amor?

Um T.P.C para dia 14 de fevereiro, Dia dos Namorados! Smile

2 comentários:

Anónimo disse...

1. O filme: 50 shades of darker" do realizador James Foley.
https://youtu.be/zm6gaRqUkP0


2. Uma canção: "Shape Of You" foi composta e produzida por Sheeran e Steve Mac, com participação de Johnny McDaid na composição.
https://youtu.be/JGwWNGJdvx8

3. Um poema: As sem razões do amor de Carlos Drummond de Andrade.
Eu te amo porque te amo.

Não precisas ser amante,

E nem sempre sabes sê-lo.

Eu te amo porque te amo.

Amor é estado de graça

E com amor não se paga.



Amor é dado de graça

É semeado no vento,

Na cachoeira, no eclipse.

Amor foge a dicionários

E a regulamentos vários.



Eu te amo porque não amo

Bastante ou demais a mim.

Porque amor não se troca,

Não se conjuga nem se ama.

Porque amor é amor a nada,

Feliz e forte em si mesmo.



Amor é primo da morte,

E da morte vencedor,

Por mais que o matem (e matam)

A cada instante de amor.



Brígida Rufino disse...

1. Filme: "The Best Of Me" do realizador Michael Hoffman.

https://www.youtube.com/watch?v=2a4iKEr3GBU

2. Música: John Legend - Love Me Now

https://www.youtube.com/watch?v=NmCFY1oYDeM

3. Poema: Eu amo tudo o que foi de Fernando Pessoa, 1931

Eu amo tudo o que foi

Tudo o que já não é

A dor que já me não dói

A antiga e errônea fé

O ontem que a dor deixou,

O que deixou alegria

Só porque foi, e voou

E hoje é já outro dia.