terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Da dúvida à certeza: vídeo e ficha de trabalho

Desenho da autoria de  Banksy.
Este vídeo, disponibilizado no Manual escolar 2.0, Edições Sebenta (um sítio que vale a pena visitar), é muito interessante e útil na leccionação dos conteúdos programáticos do 11º ano.
Quando os meus alunos o visionaram na aula disponibilizei-lhes, previamente, o pequeno questionário que a seguir apresento. O vídeo é um excelente recurso - para utilizar nas aulas a propósito do problema do conhecimento - devido à clareza da linguagem e pertinência dos conteúdos filosóficos.
No vídeo do filósofo inglês Warburton surgem algumas passagens de um pequeno filme sobre a alegoria da caverna de Platão, que costumo passar nas aulas do 10º ano e que pode ser visionado na íntegra no link seguinte (com legendas em português):
Adaptações da alegoria da caverna em vídeo
---------------------------------------------------------------------------------------------
Ficha de trabalho de Filosofia - 11º ano
Tema: A teoria do conhecimento de Descartes.

Após o visionamento do vídeo do filósofo inglês Warburton, responda às seguintes questões:

1. Dê exemplos que provem a falibilidade dos nossos sentidos.
2. Explique uma das objecções à tese: nunca podemos confiar no conhecimento sensorial.
3. Qual é o ponto de vista de Platão, expresso na alegoria da caverna, acerca do conhecimento empírico. Descartes concorda com ele?
4. Como se explica o argumento do sonho?
5. De que tipo de conhecimento é que o argumento do sonho não nos permite duvidar?
6. Esclareça em que consiste a experiência mental do “cérebro numa cuba”. Para que serve?
7. A experiência mental do “cérebro numa cuba” é comparável a que argumento cartesiano? Porquê?
8. De que forma ultrapassa Descartes a dúvida metafísica introduzida pelo Génio Maligno?
9. O que é o cogito?
10. O cogito corresponde, segundo Descartes, a um princípio indubitável. Apresente um argumento que permita refutar do ponto de vista cartesiano.
A professora: Sara Raposo.

domingo, 22 de janeiro de 2017

Ética automóvel

A programação de carros autónomos coloca problemas morais similares ao célebre problema do trolley. Como se pode ler no jornal Observador: “Os carros autónomos vão ser programados para escolher quem atropelar em caso de acidente inevitável. Uma grávida ou um idoso? Um rico ou um pobre? Um peão ou dez?”

Na sua opinião como deve um carro desses ser programado? O Instituto de Tecnologia de Massachusetts, mais conhecido por MIT, criou um site chamado Moral Machine em que são apresentadas situações em que assumimos a posição de um automobilista prestes a ter um acidente e em que temos de decidir o que fazer: atropelar um adulto ou uma criança, uma pessoa ou duas, etc.

Segundo o Observador, “o MIT já tem em seu poder milhões de respostas, oriundas de 160 países”, podendo-se concluir que a maioria dos indivíduos se inclina em favor do mal menor. Parece que a maneira como as pessoas responderem aos dilemas éticos apresentados em Moral Machine serão tidas em conta pelos programdores dos automóveis. 

Quem disse que as teorias e discussões filosóficas não têm consequências práticas?

Links sobre Epistemologia

saber não é acreditar Le feu follet (1963) de Louis Malle

Conhecimento:
Tipos de conhecimento
Algumas relações entre os vários tipos de conhecimento
Ficha de trabalho: identificação dos diferentes tipos de conhecimento

O Deco não percebe nada de Epistemologia (exemplo)

O carácter factivo do conhecimento
O reconhecimento implícito da factividade do conhecimento
Um “sinal de Deus” será uma boa justificação?

Dois contra-exemplos à chamada definição tradicional de conhecimento

Ceticismo e Descartes:

Uma dúvida inspiradora para os alunos do 11º ano (cartoon)
O argumento céptico da regressão infinita da justificação: um exemplo

A dúvida metódica (este deveria ter sido o primeiro post deste blogue)

Razões para duvidar, segundo Descartes

Como são parecidas a ilusão e a realidade!

Algumas imagens que nos levam a duvidar dos nossos olhos e o cepticismo radical

A vida será um sonho?

A minha vida é real: conhecimento ou mera crença?
O caro leitor não está a ler (noção de contradição pragmática)
Sinto, logo existo? (cartoon)

O argumento da marca

Objeção ao argumento da marca: criar a ideia de perfeição é diferente de criar a própria perfeição

Objecção a Descartes: o Cogito é um entimema e não uma crença básica
Vejo, logo aprendo (vídeos sobre Descartes)
Da dúvida à certeza: vídeo

Cartoons cartesianos

A esposa de Descartes (cartoon)

Aconselhado

O conhecimento por contacto facilita as cunhas

Conhecimento proposicional? (poema)
O que é que realmente sabemos? (cartoon)

Os abraços: realidade ou fantasia? - A importância de refutar o cepticismo

Se o solipsismo for verdadeiro o caro leitor não existe: eu é que existo

Penso, logo não cozinho! (cartoon)

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

VI Olimpíadas de Filosofia: Agrupamento de Escolas Júlio Dantas

Picture

 

Fase Nacional : 21 e 22 de Abril de 2017

“As inscrições decorrerão entre 30 de janeiro e 03 de março (por razões logísticas é-nos difícil aceder à inscrição de escolas atrasadas, pelo que o limite deve ser respeitado - o sistema fechará as 23:59:59 do último dia, e apenas questionários submetidos serão aceites).
À semelhança do ano anterior, o preenchimento demora cerca de 15 minutos, envolve questões de identificação da escola, do professor acompanhante, dos alunos e de logística (mais instruções no questionário!).
No dia 04 de março as escolas serão informadas da necessidade (ou não) da fase de seleção!
Mais dúvidas poderão ser remetidas para comissao.onf@gmail.com.”

Site onde poderá obter outras informações:

http://prosofos.weebly.com/informaccedilotildees-gerais.html

sábado, 14 de janeiro de 2017

Quiz: questões sobre os tipos de conhecimento e a definição platónica

image

Este Kahoot (clicar na imagem para aceder ao link do jogo) permite responder, online (no telemóvel ou no tablet), a 12 questões de escolha múltipla (algumas retiradas de exames nacionais) sobre os diferentes tipos de conhecimento e a definição tradicional de conhecimento.

Bom trabalho a todos!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Beleza colateral e Lion: dois filmes a ver

Resultado de imagem para lion cartaz do filme

image

Nestes dois filmes, estreados recentemente no cinema, é abordado o problema filosófico do sentido da vida, um dos temas que iremos abordar no final do 11º ano.

Esta é uma questão metafísica, refletir acerca dela – como podemos perceber no caso dos dois personagens principais de “Lion” e “Beleza colateral” - tem consequências na vida quotidiana e pode mudar o ponto de vista que se tem sobre o mundo.

Aconselho, vivamente, ambos os filmes!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Para que a história não se repita

Resultado de imagem para bresson

Na disciplina de Sociologia, no âmbito do estudo das metodologias, as alunas Débora Cabrita e Luana Batista, do curso profissional PREC 2, construíram o guião de uma entrevista sobre o tema: “A violência no namoro” e aplicaram-no, dando largas à imaginação.
Vale a pena ver o vídeo, pela informação pertinente e também pela forma viva como ambas a apresentam.

Um pequeno contributo para sensibilizar os mais jovens (e não só) para um problema que afecta muitas pessoas.
 
video

domingo, 8 de janeiro de 2017

Futebolismo

Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência.

Quino excesso de atenção dada ao futebol

Quino, Toda a Mafalda, Edições Dom Quixote, Lisboa, 1990, pág. 110.