domingo, 1 de junho de 2014

Matriz do 5º teste de Filosofia: turmas B e C do 10º ano

Miguel Ângelo Buonarotti – A Criação de Adão

Miguel Ângelo Buonarotti: A Criação de Adão.

Duração: 90 minutos.

Natureza das questões: escolha múltipla; identificação de itens verdadeiros e falsos; identificação e avaliação de exemplos; justificação - em questões de resposta curta e de resposta extensa; ensaio filosófico.

Objectivos:

1. Indicar alguns problemas estudados pela Filosofia Política.

2. Explicar o que é o Direito.

3. Distinguir Ética e Direito.

4. Distinguir justiça retributiva e justiça distributiva.

5. Explicar em que consiste o problema da justiça distributiva.

6. Distinguir liberalismo e igualitarismo.

7. Explicar o que é o Princípio do Dano e diferenciá-lo do Paternalismo.

8. Discutir o Princípio do Dano e os seus eventuais limites.

9. Distinguir as propostas do liberalismo económico e do comunismo.

10. Explicar o que entendia John Rawls por posição original.

11. Explicar a função, de acordo com Rawls, do véu de ignorância.

12. Explicar porque é que Rawls se insere na tradição contratualista.

13. Explicar cada um dos princípios de justiça propostos por Rawls.

14. Explicar a regra maximin e mostrar porque é que Rawls rejeita o Utilitarismo.

15. Explicar em que medida a teoria de Rawls tenta conciliar a igualdade e a liberdade individual.

16. Explicar a objeção a Rawls que diz que não se deve desresponsabilizar as pessoas pelas suas escolhas.

17. Explicar porque é que a teoria de Robert Nozick é conhecida como teoria da titularidade justa.

18. Explicar porque é que Nozick compara os impostos ao trabalho forçado.

19. Explicar o conceito de “Estado mínimo”.

20. Explicar a objeção a Nozick da insensibilidade social.

21. Comparar a teoria de Rawls com a teoria de Nozick e com outras críticas.

22. Defender uma tese acerca do problema da justiça distributiva.

23. Explicar em consiste o problema da discriminação positiva (ou ação afirmativa).

24. Explicar os argumentos a favor da discriminação positiva.

25. Explicar os argumentos contra a discriminação positiva.

26. Comparar os argumentos a favor e contra a discriminação positiva.

27. Defender uma tese acerca do problema da discriminação positiva.

28. Explicar o que é uma religião.

29. Distinguir religiões monoteístas de religiões politeístas.

30. Distinguir a conceção teísta de Deus da conceção deísta.

31. Distinguir o ateísmo do agnosticismo.

32. Explicar o argumento do desígnio.

33. Explicar as objeções ao argumento do desígnio.

34. Explicar o argumento da causa primeira.

35. Explicar as objeções ao argumento da causa primeira.

36. Explicar o problema do mal e o modo como este permite questionar a existência de Deus.

37. Explicar as respostas ao problema do mal.

38. Comparar os argumentos a favor e contra a existência de Deus.

39. Defender uma tese acerca do problema da existência de Deus.

O aluno deve também:

A. Conhecer exemplos ilustrativos dos conceitos referidos.

B. Identificar os conceitos referidos em exemplos dados.

Para estudar:

No Manual 50 Lições de Filosofia:

Filosofia Política: páginas 91, 101-102, 105-110, 114-115, 94-95 e 98.

Filosofia da Religião: páginas 182-185, 191-192.

Links:

Os links do post Matriz do mini teste sobre Filosofia Política

Se no mundo existissem apenas 100 pessoas…

De onde vem o mal?

Se Deus existe porque é que acontecem coisas tão más?

Quanto mal é necessário?

Opcional:

Bertrand Russell: Não sou religioso porque…

Sem Deus tudo seria permitido?

Cândido na ilha da Madeira

O antropomorfismo na religião: Deus à imagem e semelhança do Homem

Deus? Qual deles?

Os fundamentalistas religiosos vistos pelo Gato Fedorento

BOM TRABALHO!

Sem comentários: